fora-da-toca_six-flags_CAPA

Six Flags Great Adventure, pura adrenalina a 1 hora de Manhattan

Já que estou no clima de contar sobre a minha ida a Disney, resolvi compartilhar uma das melhores experiências que eu tive em parques! SIX FLAGS GREAT ADVENTURE em Jackson.

Em algum momento da minha vida resolvi pesquisar se tinha parques perto de Nova York já que não sabia quando ia dar as caras em Orlando. Achei uma das filiais do Six Flags. Mas como íamos em fevereiro para minha gigantesca tristeza o parque estava fechado por que era inverno. Então na segunda ida a Nova York como era outubro, o parque estava aberto. Coloquei pilha nos meus amigos que moram por lá e nos organizamos para conhecer o parque.

Descobri que na rodoviária de NY vende o ingresso com o valor do ônibus incluído.
Você pode conferir aqui o site do ônibus para se organizar, conferir preços e comprar direto lá na estação se não quiser comprar pela internet. Pode existir coisa mais cômoda? Só se nos pegassem em casa.

Nos encontramos cedo em Port Authority para comprar os ingressos e saímos de Manhattan com o tempo bem feio. Para completar durante a viagem de mais ou menos 1h30 começou a chover. Achei que tinha colocado todo mundo em uma grande furada.

Descemos no estacionamento do parque que ainda estava abrindo, e devido ao tempo feio tinham alguns brinquedos fechados, como a Kingda Ka afinal não é para menos… ela estava literalmente nas nuvens.

nuvens....nuvens everywhere...
nuvens….nuvens everywhere…
entrando no parque
entrando no parque

 

Um pouquinho sobre o Six Flags

O Six Flags é a maior rede de parques do mundo espalhada pelos Estados Unidos, México e Canadá. A rede Six Flags começou em 1959 no Texas e a partir daí só fez crescer!

Em 1975 a empresa comprou o Great Adventure (que já era um parque de diversões) em Jackson / New Jersey. Sua história é muito interessante e com uma boa montanha russa cheia de altos de baixos! Vale dar uma lida aqui.

Sua última grande revitalização que o tirou literalmente da falência ocorreu por volta de 2010. Quando a incrível montanha russa do Lanterna Verde foi construída vinda de outro parque que havia fechado, além de outras grandes atrações. Em 2012 o parque uniu seu terreno ao Wild Safari e se tornou o maior parque temático do mundo! Ganhando até do Animal Kingdom em Orlando. (chocante não?). O Great Adventure ainda possui um parque aquático (Hurricaine Harbor) que o ingresso é vendido a parte.
A grande espera atual é pela montanha russa do Coringa! Essa promete fortes emoções!

voltando à visita…

Como era outubro e por lá o Halloween é levado muito a sério, todo o parque estava decorado para a ocasião. Sem contar que depois de escurecer, lá para as 18h, as tochas foram acesas e inúmeros funcionários se fantasiaram para assombrar as ruelas do parque. É bem assustador, a noiva com a serra elétrica deixou a gente de cabelo em pé. Muitas pessoas inclusive só vão ao parque nessa hora para aproveitar as comemorações de Halloween que chegam até as 24h dependendo do dia.

decoração temática do parque para o helloween
decoração temática do parque para o halloween

Para começar, alugamos um armário, normalmente eles ficam perto das atrações. Lá é pago e funciona diferente dos parques na Disney. Você paga um valor por dia, e ele permite que você use o armário por X horas, depois é preciso trocar de armário, para traumatizar bem a pessoa eles dizem que depois do tempo estipulado as portas do armário se abrirão. Eles são basicamente para passar o tempo da fila dos brinquedos. Funcionou muito bem, mas para tal se não me engano precisava de cartão de crédito americano.

mais decoração
mais decoração

O Six Flags possui o THE FLASH PASS, na realidade são 3 tipos de passe.

FLASH PASS – Você recebe notificação quando sua vez na fila chegar, sem ter que ficar esperando lá em pé

GOLD FLASH PASS – O tempo de espera reduz 50%

PLATINUM FLASH PASS – O tempo de espera reduz 90% e pode entrar 2x em alguns briquedos com essa vantagem.

pessoas felizes no parque
pessoas felizes no parque

Chegamos a pensar em comprar o passe básico, custava na época 50 dólares, mas para nossa alegria as filas praticamente não existiam! Entramos em praticamente todas as montanhas russas sem pegar fila, só mais para o final do dia que as filas cresceram.

Aos utilizadores de óculos uma dica que descobrimos no dia por causa do namorado da minha amiga. Ele ficou preocupado dos óculos caírem. Por sorte a Amanda estava com um rolo de esparadrapo e improvisamos uma cordinha para segurar o óculos dele. Ou seja se você não pode ou não quer tirar os óculos nessas aventuras levem uma corda ou algo que prenda os óculos à cabeça.

Eu nunca tinha ido em uma montanha russa de verdade com loopings etc… só tinha andado em uma de madeira no Hopi Hari. Sendo assim partimos para a fila vazia da montanha do Super Homem. Nessa montanha russa você vai de barriga para baixo como se estivesse voando. Você senta no banco, eles descem as travas do peito e do pé, só então as cadeiras sobem e você fica “voando”. Eu admito que xinguei muito quando o banco inclinou e começou a subir no trilho. Já que como você está de barriga para baixo não tem nada a baixo de você, nem trilho nem nada, só o chão láaaa em baixo. Foi muito legal! Vale a experiência.

Gus and I
Gus and I and Superman

Seguimos para a do Lanterna Verde que era do lado, outra montanha russa muito peculiar… já que você vai nela em pé! É muito agoniante! Você sobe no brinquedo, meio que apoia o bumbum em um celim de bicicleta que regula com a sua altura, e desce a trava do peito, depois beijo não me liga. A primeira descida dela é levemente inclinada para dentro, fechei os olhos foi mais forte que eu! Mas foi sensacional! Elegemos no final do dia como a melhor montanha russa do parque!

tudo tão cheio...só que não
tudo tão cheio…só que não

A essa altura o dia feio já tinha se transformado em céu azul com sol de rachar, e a Kingda Ka abriu para testes… enquanto reuníamos coragem para experimentá-la (ou não) fomos em outros brinquedos. Uma simples montanha russa no escuro do Batman chamada THE DARK KNIGHT Coaster e emendamos para a Batman: The Ride. Nessa você vai com as perninhas penduradas é muitoooooo legal! Minha pressão baixa somada a fome me deixou na mão e no looping saindo do escuro dei uma apagada rápida nada de mais. Depois dessa paramos para comer alguma coisinha.

descabelada e íntima de Gotham City
descabelada e íntima de Gotham City
a skullmountain funciona dentro desse prédio
a Skull Mountain funciona dentro desse prédio

Pós comida resolvemos encarar a Skull Mountain, não fizemos muita fé… mas nos surpreendeu pois é uma montanha no escuro!! Com uma louca espiral, e retomadas inesperadas, ela me deixou encantada!

Para dar continuidade a digestão pegamos o teleférico para atravessar o parque por cima, de lá vimos que os brinquedos de água estavam realmente fechados… eles até tem shows aquáticos, uma pena… fica para a próxima.

passeando no teleférico
passeando no teleférico
fora-da-toca_six-flags_15
vista do parque (1) pela janela do teleférico
fora-da-toca_six-flags_16
vista do parque (2) pela janela do teleférico

Descemos no velho oeste e pegamos o Runaway mine train, ou para os íntimos o “tchutchu” train. O coitado que comanda o brinquedo tem que falar cada vez que sai uma composição “everybody say tchutchu!” imagina no final do dia? Deve ter pesadelos com isso… Saindo do mine train, não resistimos em fotografar a montanha russa de madeira desativada do outro lado do lago… é linda demais!

uma alma caridosa tirou nossa foto
uma alma caridosa tirou nossa foto

Do ladinho dela você pode encarar a EL TORO, uma montanha russa de madeira simplesmente FANTÁSTICA!!!!! Muita, Muita adrenalina! Nessa como sabíamos onde era a câmera de fotografia fizemos careta de propósito, hehehe.

entrada para a EL TORO, toda trabalhada na madeira
entrada para a EL TORO, toda trabalhada na madeira
pose para a foto na EL TORO
pose para a foto na EL TORO

Depois fomos em uma montanha russa antiga do parque chamada Medusa que foi reformada em 2009 para ser a Bizarro, ela é repleta de efeitos especiais, luzes e sons para acompanhar sua jornada. Não foi a foto mais irada que tiramos mas comprei mesmo assim, acho que vale a lembrança, o posicionamento da câmera não ajuda…é bem no looping, olha a cara da pessoa…

entrada da Bizarro
entrada da Bizarro
cara de sofrimento no looping
cara de sofrimento no looping

Aí você me pergunta sobre a Kingda Ka… Nina encarou, eu fiquei de fora mesmo. Afinal mal tinha sido aberta tiveram que fechar a montanha para limpar o vômito de alguma alma perdida. Nessa hora aproveitamos para ver um show fofolete de lontrinhas, dá vontade de agarrar elas. Depois emendamos no Parachute Training Center: Edwards AFB, o brinquedo parece muito simples, mas dizer que pela simplicidade dele dá bastante nervoso quando você está lá em cima.

show das lontrinhas fofoletes
show das lontrinhas fofoletes
Parachute Training, não é tão simples assim hehehe
Parachute Training, não é tão simples assim hehehe

No final do dia, vou ser bem sincera, já estava exausta de montanhas russas… quando decidimos entrar na fila da NITRO que é uma montanha de velocidade, ou seja não possuí looping, então não tem aquela trava que pega na parte de cima do corpo, só um trocinho na cintura, não me senti muito confortável com a ideia e saí… Eu já estava cansada, a segurança não me convenceu muito, fiquei esperando os amiguinhos do lado de fora mesmo. Na próxima eu vou, prometo… afinal todo mundo gostou!

no final do dia o parque começa a ganhar um ar um tanto quanto... assustador
no final do dia o parque começa a ganhar um ar um tanto quanto… assustador
não sei da onde sai essa névoa....mas o parque todo ficou assim
não sei da onde sai essa névoa….mas o parque todo ficou assim

Além de todas essas atrações, e da roda gigante e do sky screamer (que é tipo um chapéu chinês ENORME, não deu tempo de ir…), existem brinquedos pagos por fora como o estilingue ou o Dare Davil Flight… fiquei tentada… mas não estava afim de pagar mais 30 doletinhas… hoje em dia menos ainda… câmbio vamos colaborar com a amiguinha!

sente a altura do sky screemer
sente a altura do sky screamer
estilingue humano, e ae você encara?
estilingue humano, e ae você encara?

 

até os personagens entram no clima do halloween
até os personagens entram no clima do halloween

Apesar dos meus relatos de itens bemmm radicais, existem várias atrações light e áreas infantis, como o show de lontras que falei. Além de uma área super charmosa que imita parques antigos com jogos para ganhar prêmios, como tiro ao alvo, bater o martelo entre muitos outros. As crianças podem curtir muito e ainda encontrar com os personagens da Warner, eu fiquei tentada a tirar foto com o Patolino, mas fiquei sem graça de atrapalhar os pequenos que estavam ansiosos.

 

 

 

 

 

fora-da-toca_six-flags_25
área que remete aos parques antigos

Voltamos no último horário do ônibus para NY, foi super tranquilo, pena que o horário não é tãoooo tarde assim, deu vontade de ficar mais para curtir a noite do halloween que prometia ser animada.

alguns personagens assustadores que surgem no parque (adoro as fotos das palhaças) , no canto direito a noiva com a serra elétrica…essa sem dúvida foi a mais assustadora, a serra fazia barulho e ela arrastava no chão

Um obrigada especial aos meus amigos que toparam encarar essa aventura comigo!!


Dica do Fora da Toca – Six Flags Great Adventure

Vá com roupas confortáveis e adequadas ao clima da época, leve só o essencial para não carregar peso a toa e se cansar. Se for andar nos brinquedos de água lembre de levar uma toalha e uns trocadinhos para o “secador humano”

Existe um safari incluído no preço do ingresso do parque, desistimos pois quando decidimos ir a fila estava gigaaaa…

Atenção! Bastões de selfie, monopods, tripés, comidas de fora são proibidos no parque!

 

– informações retiradas da Wikipedia, e do site http://www.greatadventurehistory.com/

Compartilhe nas redes sociais!

8 comentários em “Six Flags Great Adventure, pura adrenalina a 1 hora de Manhattan

  1. Hummmmmm… Fiquei com vontade!!!!
    E estou esperando ansiosamente a foto da trapizonga do óculos, porque eu sempre me esqueço de deixar os meus no locker! Hahahaha

    1. Oi Isa! Não tenho fotos da engenhoca, mas foi basicamente uma tira de esparadrapo prendendo as pontas criando uma “cordinha” para não cair da cabeça.

  2. Adorei o post! Você lembra que dia da semana foi? Vou para Nova York agora em outubro, não queira pagar Fast Pass (o cambio não ta ajudando) e estou com medo de ficar horas nas filas e não aproveitar quase nada…

    1. Oi Biah! Que bom que você gostou do post, fico muito feliz! Esse ano tem atrações novas no parque, não perca a montanha russa do Coringa é insana! Queria ter tempo de ir de novo hehehe. Eu fui dia 6 de outubro. Confere no site direitinho os dias que eles estão funcionando para não atrapalhar seu planejamento. Espero que você aproveite muito!

    1. Oi André! Pelo que vi no site do Six Flags existem outros pacotes mas nenhum envolvendo o ônibus. Você pode conferir no site do New Jersey Transit todos os horários e preços, no início do post tem o link para o site, comprei direto em Port Autority e não teve problema nenhum. Fique atento que dependendo da época do ano o parque pode estar fechado ou aberto apenas no fim de semana. Aproveite bastante a ida ao parque e continue nos seguindo!

Deixe seu comentário ou dúvida