fora-da-toca_-boca-da-verdade-_-CAPA

Bocca della Verità – A boca da verdade e a Igreja de Santa Maria in Cosmedin

Você arriscaria perder sua mão para provar que não está mentindo?

Diz a lenda, que na Roma antiga eles tinham esse “sistema” de detector de mentiras com a boca da verdade. Era quase como um julgamento. Se ao colocar a mão na boca, você quando questionado contasse uma mentira, ela se fecharia “mordendo” arrancando a mão do mentiroso fora.

fora-da-toca_-boca-da-verdade-_-04
Igreja de Santa Maria in Cosmedin

A lenda vem dos tempos Romanos, dizem que um marido acusou sua esposa de adultério, o qual ela negou. Sendo assim o marido decidiu testar a verdade das palavras dela colocando a mão da esposa na Boca da Verdade. Sabendo da mentira dita, a esposa armou um plano muito inteligente. Quando chegou perto da pedra no meio do alvoroço, ela desmaiou e seu amante a segurou impedindo que caísse. Ao colocar a mão na Boca da Verdade, ela jurou jamais ter estado em outros braços que não o do marido e o do homem que a havia segurado momentos antes.

pessoal do lado de fora que rendo "furara a fila", e detalhe dos recados para quem espera na fila
pessoal do lado de fora que rendo “furara a fila”, e detalhe dos recados para quem espera na fila

A Boca da Verdade é um rosto, esculpido em uma grande pedra redonda com cerca de 1,75m de diâmetro, hoje em dia está bem gasto mas ainda é possível distinguir os traços marcados na pedra.  Há quem diga que a escultura, é o deus Oceano e que função inicial da pedra era como tampa de bueiro, por isso os olhos, nariz e boca furados, para a água escoar. A grande pedra inicialmente ficava na Piazza de la Bocca della Veritá, mas em 1632 foi levada para a parte externa da igreja de Santa Maria in Cosmedin, do lado da praça.

como eu falei a fila não é grande
como eu falei a fila não é grande

A atração até então considerada uma das “must see” visitas gratuitas de Roma, onde você só tinha que contribuir com o valor que achasse justo ao seu bel-prazer, agora cobra salgadinhos 2 euros para fazer a foto. Ao que parece o dinheiro vai ser usado para reformar a antiga igreja onde fica a Boca da Verdade. Não acho um valor absurdo levando em consideração a manutenção do local. A fila que peguei não foi grande, foi bem tranquilo de visitar a Boca de Verdade. A caminhada valeu a pena ainda mais somando ter conhecido a igreja e dois templos.

saí com a mão inteira
saí com a mão inteira

Antes de entrar na fila aproveitei para conhecer a Igreja de Santa Maria in Cosmedin, afinal é na sua parte externa que a grande tampa de bueiro conhecida como Boca de Verdade fica. A igreja foi construída no século VIII, em cima das ruínas do Templo de Hércules Pompeiano que fazia parte do Fórum Boário. A igreja abriga a torre sineira mais alta de Roma, de fato ela chama atenção de longe. A parte interna da igreja é bem “clean”, basicamente toda monocromática, super simples, mas não deixa de ser linda. O piso merece uma atenção especial pelo detalhe do trabalho dos mosaicos.

nave principal e o detalhe mais do que merecido do chão
nave principal e o detalhe mais do que merecido do chão
detalhes do teto  da igreja
detalhes do teto da igreja

Do outro lado da rua, na Piazza de la Bocca della Veritá é possível conhecer o Tempio di Portuno e Tempio di Ercole Vinctore (pelo lado de fora). O templo de Ercole Vinctore é a construção de mármore mais antiga ainda em pé em Roma sua construção ao que parece é do final do século II a.c . Sua principal característica é ser circular, é o único templo grego redondo em Roma, medindo cerca de 14.8 metros e sustentado por 20 colunas conríntias que circula seu eixo central de pedra.

vista da praça da Boca da Verdade
vista da praça da Boca da Verdade

Durante muito tempo foi considerado templo de Vesta. Dizem que esse templo foi construído para abrigar o corpo de Hércules depois que ele completasse os 12 trabalhos. Em 1132 o templo foi convertido em igreja, como Santo Stefano all Carozze e no século XVII o templo foi dedicado a Santa Maria del Sole.

fora-da-toca_-boca-da-verdade-_-02
Templo de Ercole Vinctore

O Tempio di Portuno é das poucas construções da República Romana ainda de pé, sua construção data do primeiro século a.c. Ele é um resquício do Forum Boarium ( feira de gado) que foi uma enorme área comercial nas proximidades do Rio Tibre. O templo era dedicado ao Deus Portuno, ligado a passagem de água e portos. No século IX foi convertido como templo cristão. Graças ao World Monuments Fund os dois templos na praça foram restaurados.

fora-da-toca_-boca-da-verdade-_-03
vistas do Tempio di Portuno

 

Dica do Fora da Toca

Não deixe de conhecer a pequena igreja de Santa Maria in Cosmedin é super simples mas vale a visita.
Aproveite a proximidade e conheça do outro lado da rua 2 templos ( não pode entrar ), Tempio di Portuno e Tempio di Ercole Vinctore.

Informações Importantes – Boca da Verdade

Preço   2 euros
Horário   9h30 às 17h
Endereço  Piazza della Bocca della Verità, 18, 00186 Roma, Itália

 

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário ou dúvida