Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Minha primeira experiência em um camping

Como é acampar em um camping, de verdade? Nesse post vou contar como foi minha primeira experiência. Já que acampar no jardim da casa dos outros por falta de quarto não conta não é mesmo? hahahaha

Devido ao orçamento reduzido para minha aventura a Chapada dos Veadeiros e aos bons contatos da Mônica do Leve sem Destino, lá fui para minha primeira aventura “roots”. O Camping Viveiro fica localizado em Alto Paraíso, localização maravilhosa para quem quer explorar boa parte da chapada, já que tentar conhecer ela TODA é uma missão quase impossível, eu contei aqui como é toda a infraestrutura do Camping Viveiro.

o espaço que me coube no carro hahaha

Pensa em todos os preconceitos possíveis com um camping, eu tinha. Medo de ser um lugar lotado, bem farofa, aquelas filas intermináveis para usar banheiros caquéticos, caixa de água da privada solta, terreno cheio de lama, SOCORRO!!! Isso tudo fruto da minha imaginação já que nunca tinha ido a um camping na VIDA!

paisagem a caminho da Chapada dos Veadeiros

Meu primeiro choque foi ver o armário de “tralhas” para camping que o pessoal do Leve sem destino tem. Senti uma pontinha de inveja, adoroooooo ter acessórios e tralhas úteis hehehe. O segundo choque foi constatar que a barraca para 4 pessoas era menor que a minha mochila de 40L. Falando em mochila, sim fui só de mochilão só para não pagar despacho de bagagem. Essa mochila da Quechua é uma ótima pedida, bem arrumada, cabe coisa pra caramba, e é super aceita como mala de mão, cabe perfeitamente no bagageiro do avião. Como só levei a mochila meu inseparável canivete e apetrechos de facas, ferramentas e lâminas não foram comigo.

Uhul!! Chegamos

A viagem até Alto Paraíso é muito tranquila, especialmente com a Mônica no volante, quando crescer quero ser pilota que nem ela, te contar, durante a viagem foi cada estrada punk que pegamos para as cachoeiras mas ela e o Ousado ( apelido carinhoso do carro) tiraram de letra. O camping fica levemente afastado do centro de Alto Paraíso, mas de carro é um pulo.

Montando a Barraca

De preferência tente chegar ainda com tempo para montar a barraca com a luz do dia, facilita o processo. Depois de muito terrorismo psicológico de como seria difícil montar a barraca acabou que me saí muito bem, a tal ponto de ser questionada se realmente era minha primeira vez fazendo aquilo. Tivemos um mini imprevisto com as varetas da barraca que soltou uma ponta mas contornamos com um pouco de criatividade e trabalho em equipe. Enquanto eu, Fábio e Rivas montávamos a barraca, dona Mônica brincava com a câmera nova, FALO MESMO!

A barraca da Mônica e do Fábio é ENORME modelo para 4 pessoas. #querouma / #precisodeumacasamaior. Impermeável, leve, parece muito menor do que realmente é quando desmontada, cabe praticamente numa bolsa de academia. É essa aqui que usamos, Decatlhon / Quechua me patrocinem, amo vocês!

Para nosso conforto colocamos um colchão de casal no núcleo interno da barraca e na parte de fora o meu de solteiro até Fábio voltar para Brasília e eu ficar com dona Mônica no de casal. Como não somos pessoas espaçosas na cama foi super de boa dividir, até porque a gente não dormia né, desmaiava.

Tem tomada no camping?
Sim!!! Pelo menos o camping do Rivaldo tem. Na verdade fiquei bem surpresa com a infraestrutura toda do lugar como contei nesse post. Você se sente em casa e extremamente bem atendido, qualquer dúvida chama o Rivas! Foi uma estadia muito agradável e espero sinceramente retornar com mais amigos para conhecerem as belezas da Chapada dos Veadeiros e o Camping Viveiro. Extensões e tomadas extras caem bem para levar um pouco de luz para sua barraca e carregar todos os eletrônicos. Afinal, blogueiro anda com uma vasta coleção de câmeras, cabos e acessórios.

e puxa extensão para iluminar a barraca!

Comida
É um camping, não tem café da manhã, ou qualquer coisa do gênero. Logo cabe a você, se programar e ajustar conforme seus desejos e condições financeiras. Nós fizemos compras antes de partir para Alto Paraíso, já que em Brasília os mercados são maiores e com mais opções. Compramos coisas para alguns jantares, pão e frios para o café da manhã e lanches da trilha, mas também deixamos espaço para provar algumas delícias locais. Vou contar mais sobre os restaurantes em um post de onde comer em Alto Paraíso, aguardem.

comprinhas básicas

Socializar
Nunca foi meu forte socializar, e tinha medo de ter que lidar com um galerão no camping. Me considero uma pessoa bem antisocial. Mas tenho descoberto ultimamente que, até que dentro da minha personalidade melhorei bastante e tenho conseguido fazer amizades com uma certa facilidade. A idade muda a gente, acho que além da confiança que ganhamos, conseguimos frequentar núcleos que combinam mais com a gente e isso facilita a criação de laços. Passamos basicamente a semana toda sozinhas no camping (tudoooooooooooo nossos, e do Rivas) até a sexta feira seguinte quando uma galera chegou e foi totalmente agradável sentar e conversar com eles nas áreas de convivência. Trocamos dicas de trilhas feitas, trilhas futuras, planos variados, experiências de vida, foi realmente especial. Terminei essa viagem mais feliz ainda comigo mesma, foram muitas experiências incríveis.

Voltaria a acampar?
Depois de uma semana em barraca fiquei com vontade de novas aventuras nesses moldes. Para minha maior segurança a Decathlon fica na Barra o que impede compras muito impulsivas. Mas vontade não falta agora de ter uma barraca bem legal e sair por aí conhecendo áreas de camping pelo Brasil.

Informações importantes – Camping Viveiro

Endereço Rua 3, Quadra 7, Lote 6, s/n – Estância Paraíso, Alto Paraíso de Goiás – GO, 73770-000
Contato  (62) 3446-2184
Site | Facebook | Instagram

4 comentários em “Minha primeira experiência em um camping

  1. Eu ameeei saber que minha senhora gostou dessa primeira experiência. Mas sinto lhe informar que talvez a segunda passe longe de ser igual (a menos que seja no Viveiro, again rsrsrs..)

    Mas não gostei desse morte assopra, não! Como assim sô motorista maravilhosa mas não ajudo a montar acampamento? Alguém tem que fazer os registros pro post. Oxe!!!

    kkkkkkkkkkkkkk

    Saudade tãaao grande de acordar ouvindo o som dos passarinhos, tomar nosso cafezinho…ahhh. #suspiros. <3

    1. Pois é sinto-me fadada a retornar ao Viveiro hahaha
      Eu trago verdade para meus leitores no post cara Mônica, não vou iludi-los hahahaha
      Saudades do nosso café, e da padaria de Alto Paraíso

Deixe seu comentário ou dúvida

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.