Skip to main content

Como pegar o Bondinho de Santa Teresa

O Bondinho de Santa Teresa na pandemia

Difícil pensar em Santa Teresa sem seu charmoso bondinho amarelo. Mesmo com a pandemia atormentando nossas vidas o bondinho continua funcionando, nessa nova fase de liberação, seguindo protocolos de higiene e espalhando seu charme pelas ruas de Santa. Até hoje o bonde é amplamente usado pelos moradores, de forma gratuita, como um dos meios de alcançar os morros de Santa Teresa.

estação do bonde | foto pré pandemia, primórdios do blog, quando os bondes voltaram a operar em 2015

O passeio atual só não é mais fantástico por conta da pandemia que mantém os museus de Santa fechados. Mas a vista segue linda, além de ser um ótimo passeio ao ar livre, e um jeito bem legal de conhecer o charmoso bairro. Minha turistona de Brasília do blog Leve sem Destino, disse que gostou mais desse passeio de bonde do que o do Bondinho do Pão de Açúcar hahaha, vai do gosto de cada um né? Eu acho que são experiências completamente diferentes! Uma das mudanças por conta da pandemia é a limitação de 2 pessoas por banco, que reduziu a lotação do bondinho de Santa Teresa.

Como chegar no Bondinho de Santa Teresa

Você pode embarcar em algum ponto de parada do bonde Santa ou no centro na estação final. Eu recomendo embarcar na estação, já que tentar pegar no meio do caminho você corre o risco de não conseguir uma vaga.
Para chegar na estação do bonde você pode ir de Uber ou metrô. A estação fica entre o metrô da Carioca e da Cinelândia. Literalmente 5 minutos andando de qualquer uma delas. É bem pertinho MESMO!

ingressos em mãos

Comprando ingresso para o Bondinho de Santa Teresa

A compra dos ingressos, que incluem ida e volta, só pode ser feita diretamente na estação do Bonde. Eles aceitam cartão e dinheiro.

História Bondinho de Santa Teresa

O símbolo de Santa Teresa foi inaugurado em 1 de setembro de 1896. Antigamente os diversos trechos das linhas de bonde no Rio, eram administrados por diferentes empresas, assim como as linhas de ônibus hoje em dia. A Companhia Ferro-Carril Carioca foi a responsável pelo trecho que ligaria a Carioca e Santa Teresa. Para surpresa de todos e arrepio dos primeiros passageiros eles aproveitaram o já desativado arcos da Lapa para cruzar a Lapa e acessar Santa. 

passando sobre os arcos

Quando ainda era permitido pessoas andarem penduradas nas laterais do bonde era bemmm assustador na hora que passava sobre os arcos, por mais que não fosse eu pendurada hahaha.

Com seus atuais 124 anos, o bondinho segue em forma desde sua última renovação em 2015, eles são os últimos bondes elétricos em funcionamento na cidade, atualmente em uma versão mais moderna e segura. Até a última troca dos bondes, era permitido andar pendurado em pé nos estribos e até pegar o bonde (literalmente) andando/correndo. Sim eu vi e vivi isso, só, obviamente, não fiz hehehe

posando de modelete

A alteração nos novos modelos fez com que os estribos se tornassem retráteis e uma barra de segurança fosse instalada nas laterais. A mesma sobe e desce em cada parada para os passageiros entrarem e saírem. Outra novidade foram as cortinas de plástico para os dias chuvosos.

Como é andar no Bondinho de Santa Teresa

Pegar o bondinho de Santa Teresa é uma viagem no tempo e na história da cidade, partindo da Carioca o bonde cruza a Lapa pelos famosos arcos. O antigo aqueduto alimentava a cidade com água vinda do Rio Carioca.

Cruzando os arcos, você pode ver a direita o Circo Voador e a Fundição Progresso, ambos palcos de grandes shows. A esquerda você pode ver a Capela Divino Espirito Santo, o grafite do Senna feito pelo Kobra e o primeiro lampadário da cidade, de 1906, em comemoração a abertura da Av. Mem de Sá. Ele faz “par” com o belo relógio/ lampadário do Largo da Carioca que foi o segundo instalado no Rio de Janeiro em 1909.

estação do Curvelo | foto pré pandemia

Já em Santa Teresa, o Largo do Curvelo é o point dos museus, ali, caminhando um pouco você pode acessar o Parque das Ruínas e a Chácara do Céu. Do alto do prédio do parque você tem uma das vistas mais legais de Santa Teresa. Ambos seguem fechados devido a pandemia.

Largo dos Guimarães pode ser considerado o coração de Santa Teresa onde o burburinho é mais intenso. Ali você salta em frente ao cine Santa, único cinema do bairro e com preços promocionais para os moradores. Andando quase nada o visitante pode acessar diversos bares e restaurantes, lojinhas e se quiser até descer para o bairro da Glória.

ponto de parada Largo dos Guimarães direção Carioca

No ponto do mercado você pode descer para comprar peças de artesanato feitas pelo artista local Getúlio, com material reciclado, e curtir a vista no mirante do rato molhado. Tem que andar um pouco mas o visual é incrível, especialmente no fim da tarde.

pôr-do-sol do mirante do rato molhado

Chegando no ponto final do bonde, estação Dois Irmãos, os encostos dos bancos são virados, o motorneiro troca de lado no bonde e em poucos instantes ele já está pronto para voltar para a Carioca.

Dica do fora da toca – Bondinho de Santa Teresa

Lembre de chegar bem antes do seu horário para garantir o ingresso ( inclui ida e volta ), agora por questões de segurança são permitidos apenas 2 pessoas por banco e a preferência para embarque é dos moradores.

último ponto antes do Arcos da Lapa, perfeito para emendar uma visita a Escadaria Sélaron

Aproveite na volta de Santa Teresa para descer na última parada antes dos arcos e conhecer a famosa escadaria Sélaron. Você pode conferir mais dicas sobre ela aqui. E não, você não pode cruzar os Arcos da Lapa pelo trilho do bonde.

Um pouco de sorte e um pouco de photoshop para ela ficar vazia

SUPER BÔNUS baixe nosso mapa do Bondinho de Santa (em breve) aqui. Além de saber as estações, você fica por dentro das opções de turismo e restaurantes nas proximidades de cada parada. Enquanto o PDF fica pronto você pode conferir os pontos no mapa abaixo.

Informações Importantes – Bondinho de Santa Teresa

Ingresso R$ 20
Horário Seg a sex das 8h às 15h
Sáb, dom e feriados 10h às 15h
Contato  (21) 2332-6615
Endereço R. Lélio Gama, 2 – Centro
Site Facebook

2 thoughts to “Como pegar o Bondinho de Santa Teresa”

  1. Aceita visitação? Quero levar 45 alunos. Moro em Barda Do Piraí. Alunos de escola pública. Pois minha aula é sobre o Rio de Janeiro.

    1. Oi Elisangela, eu não sei como funciona com visitação. Mas você pode tentar entrar em contato com telefone deles de projetos especiais (21) 2332-6616
      espero ter ajudado =)

Deixe seu comentário ou dúvida

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.