Skip to main content

Castelinho Caracol, símbolo do charme de Canela

No meio de uma estrada praticamente deserta, uma simpática casa de contos de fada chama atenção em meio aos verdes campos da Serra Gaúcha. Localizado na parada 09 do Bur Tour o Castelinho Caracol parece ter parado no tempo.

puro charme

Quando eu digo que parou no tempo não é brincadeira. Podem até parecer mera cenografia os interruptores de 1900 e vovó era virgem, assim como as fiações. Mas TUDO ainda funciona. Eu fiquei tão impressionada que as cozinheiras me mostraram eles funcionando ligando e desligando a luz.

sente a idade do interruptor

A preservação e cuidado com cada ambiente da casa que representa a época é primoroso. Fica fácil imaginar os antigos moradores passando nos corredores e usando as delicadas porcelanas e as tábuas do assoalho rangendo delicadamente. Todos os objetos em exibição são totalmente originais. Não só da época como pertenciam os moradores da casa. Mas quem eram essas pessoas?

fingindo espontaneidade

História do Castelinho

Erguido no início do século XX por Pedro Carlos e Luiza Franzen o Castelinho foi um das primeiras construções do município de Canela. Não me pergunte o que passa na cabeça de alguém para construir assim no meio do nada, só para registro, até hoje a estrada não tem luz , sério é um breu! O estilo de construção do Castelinho me lembrou ( ao longe) os grandes Pagodes japoneses, que não levam prego e são montados somente através dos encaixes das madeiras.

A casa foi construída de forma similar, com um sistema de encaixes e parafusos, sem o uso de pregos. A madeira usada foi a dos pinheiros de araucária, você encontra em todos canto na região, a árvore também é responsável pela produção dos deliciosos pinhões. Para resistir tão linda ao tempo a madeira passou por um tratamento de imersão, durante 6 meses, na água da região, para se tornar duradoura depois de serrada e seca naturalmente, na sombra. Como podemos ver, esse sistema é super aprovado! O Castelinho continua lindo e preservado.

O castelinho conta com 18 cômodos, leve em consideração que era outra época, não são espaços gigantescos nem para ostentar, mas passam a imagem de uma família que vivia bem, numa casa aconchegante como os “luxos” da época permitiam.

salão

Até 1980 o Castelinho foi habitado pela filha mais velha do casal. A abertura do lugar para visitação aconteceu em 1985. No segundo andar da construção você pode conhecer alguns quartos de dormir além de duas partes grudadinhas no telhado, de um lado um oficina, e do outro um simpático quarto de brinquedo.

é ou não é um sonho essa cozinha?

Mas vamos combinar, que como sempre a minha paixão fica por conta da cozinha, ainda mais quando ela ainda funciona aos moldes antigos e com um fogão deslumbrante desse a lenha.

Lojinha

Não podia deixar de falar da lojinha não é mesmo??
Aqui sem dúvida o diferencial é essa parede de relógios cuco. Minha avó teria pirado com tantas opções, ela era apaixonada por esses modelos, e quando menor mais ela adorava. Além dos relógios, você pode encontrar simpáticas plaquinhas decorativas, geleias, diversas guloseimas, bonecas ao estilo antigo, cartões postais da cidade, entre outros inúmeros itens.

Jardim

Além do castelo, você pode dar uma volta pelo jardim da propriedade e conhecer a casa original onde os moradores habitaram antes do castelinho ficar pronto. Também é possível conhecer as antigas ferramentas usadas no campo.

Dica do Fora da Toca –
Castelinho Caracol

O espaço não tem Wi-Fi devido a falta de suporte. Como disse no início do post, o Castelinho Caracol é no meio do nada. Aproveite o momento para desconectar e relaxar um pouco.

Sentar para comer um Apfelstrudel na varanda ou no bistrô tem custo zero, mas se quiser visitar a casa/museu tem que pagar uma taxa de R$10

Se não tiver pressa e elas não estiverem ocupadas, converse com as cozinheiras, Branca e Tati, ela são pura simpatia. E responsáveis por um dos
Apfelstrudel mais famosos da região.

Ah! Fique atento ao horário de funcionamento eles fecham de 13h às 14h30 para almoço.

Se você está fazendo o Bus Tour, fique ligado que várias atrações tem desconto! No Castelinho Caracol você tem 30% de desconto no ingresso.

toda a simpatia das cozinheiras do Castelo Caracol, Tati e Branca

Informações Importantes –
Castelinho Caracol

Ingresso R$10 | R$ 5 maiores de 60 anos | crianças até 10 anos não pagam acompanhadas dos responsáveis | Valores 2019
Horário   Diariamente de 9h às 13h e de 14h20 às 17h40
Endereço Estr. Parque dos Pinheiros, s/n – Km 03, Canela – RS
Telefone  (54) 3278-3208
E-mail museu@castelinhocaracol.com.br
Mais informações no site


Mulheres Mundo Afora – Canela

Essa visita fez parte do projeto Mulheres Mundo Afora edição Canela, onde contamos com mais de 20 parceiros, realizado de 26 a 30 de agosto de 2019, do qual eu participei junto com as blogueiras:
Olívia garimpando por aí
Turista Full Time
Chicas Lokas na estrada
Viagens Bacanas
Viajando com Daniela

One thought to “Castelinho Caracol, símbolo do charme de Canela”

Deixe seu comentário ou dúvida

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.