Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Sobre Coldplay, milanesas, alfajores (e Buenos Aires)

“Nosotros somos latinos”, é o que poderíamos dizer. No entanto, gostamos de dizer que somos brasileiros. Como brasileiro (e latino), sempre considerei conhecer o restante da América Latina algo importante. Apesar disso, minhas primeiras viagens internacionais foram para o Velho Mundo e o norte da África.*  Mas, em 2018, finalmente, consegui cruzar a fronteira do país rumo ao Oeste e viajar por alguns dias para a minha (agora) querida Argentina.

O voo para Buenos Aires saindo do Rio é bem rápido. Três horas. No aeroporto, pegamos um uber e depois de algum tempo chegamos à Palermo. O que dizer desse bairro tão descolado?! Lembra Pinheiros? Sim! Lembra a Lagoa? Sim! Lembra Londres? Bastante! Palermo é um bairro cool. Baladas, restaurantes, pizzarias, comércio farto, e Coldplay! Como assim? Não foram poucas as vezes que eu escutei Coldplay nos restaurantes em Palermo. De modo geral, posso dizer que praticamente só ouvi a banda europeia. De Clocks à Yellow, tive a impressão que a banda era uma novidade na cidade. Brincadeiras à parte, numa pizzaria incrível chamada Tonno, ouvi umas seis músicas do Coldplay na sequência.

Conexão-Fora-da-Toca_-Buenos-Aires_Rodrigo_01

As pizzas em Buenos Aires são muito boas! Experimentei massas finas, grossas, pizzas italianas e à moda da casa. Posso assegurar, as pizzas são um show à parte, assim como as famosas e típicas empanadas. Em um restaurante chamado La Morada, provei as melhores empanadas da minha vida. Aquela massa fresquinha com um recheio saboroso. Uma pena não ter encontrado empanadas de chocolate (sou louco por doces). Outra surpresa, em terras Hermanas, foi descobrir a paixão dos argentinos por milanesas. De fato, são muitos os restaurantes especializados em milanesas. Os nomes dos restaurantes eram os melhores. Havia o Império das Milanesas, a República das Milanesas, entre outros nomes pomposos. Acabamos por escolher o Clube das Milanesas, uma franquia que tem pela cidade toda. A comida era ok, um bife à milanesa (nada de excepcional). Impossível comparar com os bifes de chorizo que provamos. Mas achei interessante como característica da cultura.

Conexão-Fora-da-Toca_-Buenos-Aires_Rodrigo_03

Para quem já esteve na Europa, visitar Buenos Aires pode não ser tão excitante. Explico. A arquitetura e de certa maneira o estilo de vida da população são demasiado europeus. Por vezes parecia estar andando em Londres ou Paris. Os cafés, os parques, a sensação de segurança, as feiras, tudo soa meio europeu. Uma das feiras que fomos, foi a tradicional Feira de San Telmo que fica realmente cheia aos domingos, após as 12 horas. Percebi que os habitantes de Buenos Aires gostam da vida noturna. As baladas começam 1, 2 da manhã. De modo que isso deve explicar porque há mais gente de tarde do que pela manhã na Feira de San Telmo. Lá, encontramos uma loja especializada em Dulce de leche. Comprei um pote para um amigo e encontrei um pacote com 12 alfajores da San Telmo. Falemos de alfajor!

Alfajores são doces maravilhosos. Em Buenos Aires você vai encontrar vários tipos, com diferentes coberturas. Uma delícia. A principal marca é a famosa Havana, um alfajor mais caro que os demais e que tem um gosto bom. Eu, particularmente, não gosto do sabor de essência de baunilha que fica no fundo. Mas é uma excelente opção. Outra ótima escolha é o alfajor Cachafaz. Essa marca vem fazendo grande sucesso entre os brasileiros, sobretudo a versão com maisena. De fato eu provei e achei absurdamente bom. Eu experimentei algumas outras marcas menores, confesso que não lembro os nomes, mas não achei tão boas quanto o Cachafaz, a não ser o alfajor San Telmo (que eu acabei dando de presente para família e amigos). O alfajor San Telmo tem o mesmo nível do Havana e tem o benefício de não possuir o gosto de baunilha. É mais chocolate e o doce de leite. É uma opção que eu recomendo. Tem um bom preço e sabor gostoso. Em relação aos alfajores eu recomendo muito que vocês se percam nessas delícias!

Conexão-Fora-da-Toca_-Buenos-Aires_Rodrigo_02

Saí com a impressão que Buenos Aires é uma cidade muito charmosa. Recomendo todo o centro histórico, uma visita à bela Recoleta (um bairro bem chique) e que vocês possam visitar (ou se hospedar) em Palermo. Este bairro tem um ar fresco e animado! É isso, desejo uma boa viagem!

 *Passei uma tarde em Montevideo, mas foi muuuuito rápido!

 

Rodrigo Leão – Amigo / Irmão, Psicólogo, Professor e colaborador do Fora da Toca –
fotos |  arquivo pessoal Rodrigo Leão

siga e compartilhe
Follow by Email
Facebook
Google+
http://foradatoca.com/conexao/sobre-coldplay-milanesas-alfajores-e-buenos-aires/
Twitter
Pinterest
Instagram

Deixe seu comentário ou dúvida

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.